Icterícia

Icterícia em adultos: conheça as principais causas

A icterícia em adultos é uma condição no qual a pele, o branco dos olhos e as mucosas ficam amarelados. Isso acontece devido ao alto nível de bilirrubina, um pigmento biliar amarelo-alaranjado.

Sua manifestação por si só não é um problema, no entanto, normalmente é consequência de doenças que afetam o organismo. Conheça melhor a condição em nosso artigo.

O que é icterícia?

A icterícia surge quando, por algum motivo, ocorre um acúmulo de bilirrubina direta e/ou indireta no sangue.

Quando as concentrações de bilirrubina ultrapassam 1,5 a 2,0 mg/dL, esse excesso de pigmento extravasa para pele, mucosas e para a membrana que recobre a esclera (parte branca dos olhos). Isso resulta na característica aparência amarelada da condição.

Os valores normais de bilirrubina no sangue dos adultos são os seguintes:

  • Direta – até 0,4 mg/dL
  • Indireta – até 0,8 mg/dL
  • Total – até 1,2 mg/dL

O que causa icterícia em adultos?

A icterícia pode ser causada por um problema em qualquer uma das três fases da produção de bilirrubina.

Antes da produção de bilirrubina, você pode ter o que é chamado de icterícia não conjugada, devido ao aumento dos níveis de bilirrubina causado por:

  • reabsorção de um grande hematoma (uma coleção de sangue coagulado ou parcialmente coagulado sob a pele);
  • anemias hemolíticas (as células sanguíneas são destruídas e removidas da corrente sanguínea antes que sua expectativa de vida normal acabe).

Durante a produção de bilirrubina, a condição pode ser causada por:

  • vírus, incluindo Hepatite A, Hepatite B e C crônicas, além da infecção pelo vírus Epstein-Barr (mononucleose infecciosa);
  • álcool;
  • distúrbios autoimunes;
  • defeitos metabólicos genéticos raros;
  • medicamentos, incluindo toxicidade por paracetamol, penicilinas, contraceptivos orais, clorpromazina e esteróides estrogênicos ou anabolizantes.

Depois que a bilirrubina é produzida, a icterícia pode ser causada por obstrução dos ductos biliares de:

  • cálculos biliares;
  • inflamação (inchaço) da vesícula biliar;
  • câncer de vesícula biliar;
  • tumor pancreático.

Diagnóstico

Um exame de sangue é realizado para confirmar o diagnóstico de icterícia, que inclui:

  • testes de bilirrubina;
  • hemograma completo de glóbulos vermelhos;
  • glóbulos brancos e plaquetas;
  • testes de hepatites A, B e C.

Outros testes podem ser solicitados, tais como:

  • ressonância magnética;
  • ultrassonografia abdominal;
  • tomografia computadorizada ou tomografia computadorizada axial;
  • colangiopancreatografia retrógrada endoscópica;
  • biópsia hepática.

Qual é o tratamento?

O tratamento médico da icterícia em adultos tem como alvo a causa específica da doença, e não os sintomas em si. Por exemplo:

  • a icterícia hepatocelular é tratada com medicamentos antivirais e esteroides;
  • icterícia hemolítica é tratada com suplementos de ferro;
  • icterícia obstrutiva é tratada com cirurgia para remover a obstrução seguida de medicação;

Há também icterícia em adultos induzida por medicação, em outras palavras, quando ocorre como um efeito colateral ao consumo de certos medicamentos. Nestes casos, os medicamentos são descontinuados e remédios alternativos.

Quer saber mais? Clique no banner!

Cirurgião Bariátrico e Metabólico no Rio de Janeiro​

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp