hernia-incisional-sintomas-e-tratamentos

Hérnia incisional: sintomas e tratamentos

A hérnia incisional pode surgir após cirurgias na região do abdômen, provocando sintomas dolorosos e preocupação no paciente. Apesar disso, ela é simples de identificar e pode ser facilmente resolvida após ser diagnosticada.

Aliás, esse tipo de hérnia no abdômen não é nada incomum. De acordo com dados apresentados pelo Ministério da Saúde, até 8% da população brasileira possui alguma das variações de hérnia no local. Nem todas são provocadas por cirurgia, e cada uma tem sua particularidade.

Acompanhe este artigo e entenda o que é este tipo de hérnia, seus principais sintomas e tratamentos.

O que é a hérnia incisional?

Após qualquer cirurgia no abdômen, é feita uma sutura para fechar o corte, independente do tamanho da incisão. Essa região fica naturalmente frágil, em comparação com o restante do corpo. Por isso mesmo, podem surgir as famosas hérnias incisionais no local submetido a cirurgia anterior.

Nesse caso, o que acontece é que a pele onde foi feita a sutura fica tão frágil, que pode ser que os órgãos próximos à região comecem a se estender e provocar um abaulamento, que pode ser doloroso ou não ao toque.

Isso não significa que toda sutura realizada no abdômen vai provocar uma hérnia do tipo. Diversos fatores, como obesidade e hábito de fumar, por exemplo, ou até mesmo exercício excessivo no período de repouso da cirurgia, podem causar o problema. Problemas no pós-operatório também podem contribuir.

Quais são os sintomas?

Os sintomas são fáceis de identificar e devem ser informados para o médico imediatamente. O mais visível é o abaulamento na região em que foi feita a sutura, possivelmente acompanhada por dores na região.

Sentir dores durante exercícios físicos ou ao tocar a cicatriz também são bastante comuns. Todos esses sintomas podem ser inconstantes, desaparecendo e voltando pouco tempo depois.

Em casos raros e mais graves, as dores e abaulamento podem ser acompanhadas de náuseas, e o paciente deve ser levado para o médico imediatamente.

Qual é o tratamento?

Geralmente, o diagnóstico é feito rapidamente pelo médico, em exames clínicos simples após identificar o abaulamento no local indicado pelo paciente. Raramente, é necessário fazer exames mais complexos, como exames de imagem.

O tratamento também é simples, envolvendo uma pequena cirurgia para a retirada da hérnia incisional. Todo o procedimento é rápido e geralmente o paciente é liberado já no dia seguinte após a operação. Os cuidados pós-operatórios também não são complexos, mas é necessário evitar esforço físico por pelo menos 10 dias, além de atenção redobrada para evitar infecção.

Nos dias após a cirurgia, é possível que o paciente sinta dores moderadas. Porém, se as dores persistirem, é importante que ele retorne ao médico, para conferir se não houve lesão nos nervos da região ou até mesmo o reaparecimento da hérnia.

Quer saber mais? Clique no banner!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp